A História dos Videogames e a Descentralização do Jogador - ECDD - Escola de Comunicação e Design Digital

Evento A História dos Videogames e a Descentralização do Jogador

Desde o aparecimento de Minecraft em 2009, a indústria dos vidoegames vive em estado de turbulência. Tudo o que se sabia sobre produção e divulgação de jogos foi contrariado pelo jogo sueco. Como com pouquíssimo polimento visual e feito por um único game designer amador tornou-se o segundo título mais vendido da história dos videogames? Essa palestra tem como objetivo examinar o fenômeno sob a lente da história dos videogames. Veremos que Minecraft não surge do nada: existe por trás dessa suposta revolução uma longa tradição de jogos que não se preocupam em tomar o jogador como o centro de seus mundos. São jogos onde personagens possuem suas próprias rotinas, tarefas e interesses; batalhas e até guerras podem ser travadas sem que o jogador sequer esteja próximo para participar; mundos que não esperam o jogador para continuarem a girar. Exploraremos a história dessa camada alternativa da indústria dos jogos eletrônicos, na qual a dinâmica dos jogos é mais importante que seu aspecto gráfico. Uma tendência que foi posta nos holofotes por Minecraft e pelo boom de jogos independentes que vemos desde 2007, e que a porção superior do mercado ainda se esforça para alcançar

Inscreva-se

Palestrante

Ivan Mussa

Quando

terça-feira 27 de fevereiro às 19h00

twitter-logo-on-black-background